Skip to Content

História do tampão

Recomendado 0 vezes

Partilhar

:

História do tampão

Os tampões são uma das invenções que maior impacto teve na vida das mulheres.

Embora se possa pensar que o tampão é uma invenção muito recente, é surpreendente saber que, entre 500 e 400 a.C., Hipócrates descrevera o uso de um tampão feito de gaze de fios enrolados a um pedaço de madeira leve.

O uso do tampão remonta a 3500 anos, antes mesmo dos pensos higiénicos, quando no Antigo Egipto as mulheres das classes altas usavam papiro enrolado como método de proteção interna, enquanto que as mulheres das classes baixas usavam junco aquático suavizado. No resto do mundo, as mulheres improvisavam tampões com o material de que dispusessem: lã em Roma, papel no Japão, fibras vegetais na Indonésia, rolos de erva na África Equatorial.

No séc. VI (550 d.C.), os gregos da Crimeia fabricavam tampões para as mulheres nobres e ricas do império bizantino com a melhor lã, especialmente penteada e enrolada, naquela que é considerada a primeira fábrica de tampões da história.


Na Idade Média, no Renascimento e no século XIX, os médicos da época utilizavam tampões de algodão para aplicar antisséticos ou para estancar hemorragias na vagina.

ARTIGOS RELACIONADOS

La primera regla 140

A primeira menstruação

317x140 ciclo menstrual

Fases do ciclo menstrual

Tampones 140

Tampões

Consentimento de cookies